Prédio que desabou em Salvador teve construção irregular.

13 MAR 2018
13 de Março de 2018

Um imóvel de quatro andares que cedeu na manhã desta terça-feira (13) no bairro Pituaçu, em Salvador, teve construção irregular. A afirmação é do diretor da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo. O desabamento deixou pelo menos quatro mortos.

De acordo com o jornal Correio da Bahia, seis casas vizinhas ao imóvel que tombou foram isoladas e passarão por avaliação de engenheiros.

"Esse não é um local de escorregamento de terra. Trata-se de uma construção irregular. Ou seja, há um risco construtivo. Pelo o que a gente apurou era uma edificação de quatro pavimentos: sotão, térreo, primeiro andar e cobertura. Isso certamente pode ter pesado nesse período de chuvas e ter acontecido esse desabamento", explicou Macedo.

As famílias que tiveram de deixar suas residências receberão apoio da Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps).

"Já existem quatro casas que vão ser demolidas, que de imediato vão ser demolidas. Eles vão receber auxílio moradia e emergência. O primeiro de R$ 300 e o segundo vai de um até três salários, depende da avalição das perdas", afirmou Juliana Portela, diretora da Proteção do Social da Semps.

Voltar

a editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Cliqueditar.

Clique aqui ar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique